GLOSSÁRIO

Como instituição, focada na divulgação e promoção de tecnologias e projetos voltados à Dessalinização e Tratamento de Água e Efluentes para Reúso e Consumo, a ALADYR disponibiliza à comunidade um glossário de termos, com o objetivo de padronizar conceitos entre as partes interessadas, como mídia, instituições educacionais, empresas, organizações e órgãos governamentais.

Se você deseja adicionar um termo ao nosso glossário, ou corrigir algum erro nos termos aqui presentes, entre em contato conosco.

Desplazate de derecha a izquierda para ver las otras opciones.

Aqueduto: é um sistema ou conjunto de sistemas de irrigação que permite que a água seja transportada em forma de fluxo contínuo de um local acessível na natureza para um ponto de consumo distante, geralmente uma cidade ou vila.

Aquíferos: De acordo com a Real Academia Espanhola (RAE), fala-se de uma camada ou veia subterrânea que contém água. No contexto de ALADYR, pode ser usado para se referir a reservatórios ou correntes naturais de água subterrânea.

Água bruta: é aquela que não recebeu nenhum tratamento e ainda não foi introduzida na rede de distribuição. É encontrado em fontes e reservas naturais de águas superficiais e subterrâneas.

Água Osmotizada: é a água produzida a partir do processo de Osmose Reversa e que é da mais alta pureza.

Água de Processo: água que é usada em várias aplicações, como sistemas de resfriamento, caldeiras, processos, produção de vapor etc.

Água não contabilizada ou Água não faturada (NRW): é a diferença entre o volume de água que entra na rede e a água cobrada ao usuário final. O NRW é expresso em porcentagem.

Água potável: para a Real Academia Espanhola (RAE), potabilizar é a ação de tornar a água potável, ou seja, própria para consumo humano e que não represente riscos à saúde. Este termo refere-se especificamente à água para consumo humano, para beber, e pode ser usado para água extraída de diferentes fontes, doce e salobra e até de tratamento de efluentes.

Água Positiva: Uma empresa é água positiva quando cria mais água do que usa em vez de apenas repor a água que é extraída do meio ambiente (Piperepair).

Água Produzida: é um termo usado na indústria do petróleo para descrever a água que é produzida junto com o petróleo e o gás.

Água Reciclada: é o reúso de águas residuais tratadas para fins benéficos como irrigação agrícola e de jardins, processos industriais, descargas de vasos sanitários e reposição de águas subterrânea.

Água Salobra: se aplicarmos a definição dada pela Real Academia Espanhola (RAE) determinada no adjetivo salobra, então é água com sal. No entanto, no campo do tratamento de água, costuma-se falar sobre a água salgada que não vem do mar.

Água Ultra Pura: de acordo com a Real Academia de Ingeniería, é água de grau laboratorial que foi filtrada e purificada por osmose reversa, cujo nome se deve ao tratamento comercial patenteado.

Água Virtual: primeiro definido pelo Professor J.A. Allan como a água que os produtos contêm, por exemplo, para uma xícara de café são necessários 120 litros de água, correspondentes ao processo de cultivo, transporte e processamento dos grãos.

Aeração: Técnica utilizada no tratamento de água que requer uma fonte de oxigênio, comumente conhecida como purificação biológica aeróbia da água. A água é trazida para colocá-la em contato com as gotículas de ar ou por pulverização do ar é colocada em contato com a água por meio de aparelhos de aeração. O ar é pressionado através da superfície da água, ele borbulha e a água é fornecida com oxigênio.